Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

EASTER MESSAGE FROM THE PRIMATE OF IEAB

An empty tomb: tenderness is stronger than hate!He is not here, but is risenLucas 24:6 In the early hours of a Sunday in first century Palestine, a community was beaten down by the events of a week full of sad memories. A prophet had finished his mission like so many other prophets in the history of God's people; silenced by the power of a religious and political order that did not conform to changes. Everything seemed depressing, until the sun's rays brought something unexpected: he who was dead is alive again!

Beaten down countenances transformed, and the mourning gave way to joy and hope rekindled in the hearts of the poor, the excluded, the silenced. Literally, a transformation from mourning to fighting. The breath of the Spirit was active, ready to make an army rise, as in Ezekiel's vision. Thus began the Church of the Jesus movement, now the Christ of God. I cannot help comparing this description with the situation of our country. The Brazilian people have lived in the …

MENSAGEM DE PÁSCOA DO BISPO PRIMAZ IEAB

Um túmulo Vazio: a ternura é mais forte que o ódio!
Não está aqui, mas ressuscitou Lucas 24:6
Nas primeiras horas de um domingo na Palestina do primeiro século, uma comunidade estava abatida pelos acontecimentos de uma semana cheia de tristes memórias. Um profeta tinha terminado a sua missão como tantos outros profetas na história do Povo de Deus. Silenciado pelo poder de uma ordem religiosa e política que não se conformava com mudanças. Tudo parecia deprimente. Até que os raios de sol trouxeram consigo algo inesperado: aquele que estava morto reviveu! Os semblantes abatidos se transformaram, o luto deu lugar à alegria e a esperança reacendeu nos corações dos pobres, dos excluídos, dos silenciados. Literalmente uma transformação do luto à luta. O sopro do Espírito estava ativo, pronto para fazer um exército ressurgir, como na visão de Ezequiel.
Assim começava a Igreja do movimento de Jesus, agora o Cristo de Deus. Não posso deixar de comparar esta descrição com a situação de nosso país.…