Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2006

O caso Saddam: pressa e catarse

A execução de Saddam Hussein se constituiu numa evidência de como a arrogância dos poderosos pode ser canalizada através de um exibicionismo exacerbado e grotesco.
Embora se saiba que Saddam Hussein tenha cometido crimes hediondos e que deveria ser responsabilizado e julgado por eles, o processo que o levou à forca foi viciado e conduzido segundo os interesses do invasor.
Aliás, a Anistia Internacional deixou claro desde o começo que a legitimidade da Corte e do Governo estava sob suspeição. A condenação e a rápida execução reuniram contornos de um casuismo que envergonham a sociedade internacional.
Somente os inimigos políticos de Saddam podem se considerar contemplados por esse processo. Dentre eles o mais realizado é, sem dúvida, George Bush.
Bush escolheu Saddam para derramar toda a sua ira e frustração pelos atentados de 11/9. Sem nenhuma comprovação de vínculo entre o ditador iraquiano e Bin Laden, Bush adicionou a mentira de que o Iraque produzia armas químicas em série. Daí para a…

Folia de Irresponsáveis!

Não poderia deixar de me manifestar sobre a vergonhosa decisão dos deputados e senadores a respeito do aumento de seus próprios subsídios. A medida é um acinte à cidadania e uma subestimação da inteligência de nosso povo. A duplicação dos salários só não é mais imoral do que as justificativas que alguns dos ilustres "representantes do povo brasileiro" apresentaram diante das câmeras. De forma cínica, jocosa e irresponsável, um certo parlamentar chegou a dizer que os proventos recebidos pelos mesmos não constitui salário, mas sim um subsídio!!
Primeiro concordo que não é salário. O que os parlamentares recebem na verdade é um vultoso financiamento de suas carreiras políticas. Salário, no meu entender é aquilo que se ganha sofridamente e com dignidade. E ainda outro parlamentar vem a público dizer que esse aumento é apenas uma forma de garantir que eles não sejam tentados a praticar ilícitos no desempenho do mandato. Isso é ainda mais acintoso, porque institui o prêmio que se c…

Os Turistas: colonialismo puro!

A despeito de vivermos no que chamamos de mundo globalizado, onde é possivel se acessar informações de maneira quase instantânea sobre tudo, o preconceito e os estereótipos continuam a ser uma marca incrivelmente incômoda.
As recentes reações ao filme "Os Turistas" feitas por intelectuais e formadores de opinião revelam um profundo preconceito que a chamada cultura média estadunidense - emesm oa européia - tem de nosso País.
Me impressiona a falta de conhecimento, até mesmo elementar, sobre nosso povo e nossa cultura. O Brasil é retratado como uma terra de ninguém, onde a bestialidade impera e onde os brancos do norte se encontram ameaçados em sua dignidade e superioridade. Isso é puro colonialismo cultural.
Para qualquer espectador que não tenha senso crítico ou conhecimento mínimo sobre nosso País, o filme é aterrorizante.
Mas não me surpreendo com isso. O Brasil, a despeito de seu tamanho e influência geopolítica na América do Sul, continua sendo um ilustre desconhecido par…