Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Dorothy, como fazes falta!!

Hoje completam-se 14 anos do assassinato da irmã Dorothy Stang. Um assassinato que se somou às já elevadas estatísticas decorrentes do conflito de terras neste país.

Por trás de sua imagem de freira e sua compleição franzina, havia um espírito destemido, corajoso e profundamente enraizado numa fé compromissada com a vida.

Mesmo com todas as possibilidades de retornar a seu país, preservar a sua vida e viver a sua fé sem sobressaltos, ela optou por abraçar a luta do povo agricultor, sabendo que as ovelhas que abraçou ficariam à mercê dos lobos gananciosos que só ansiavam ampliar suas cercas.

Dorothy, como tantos outros mártires do povo, compreendeu que o sagrado não poderia ser limitado por contornos de cercas, de bens e - como propõe a religião burguesa - por ritos e cerimonias que não dizem respeito à vida integral de todas as pessoas.

Pagou com a vida pela ousadia de considerar tudo sagrado e denunciar a ganancia, a exploração dos poderosos contra os pobres e a destruição da naturez…

Últimas postagens

Destruindo sonhos...quem responderá?

Um parlamento achincalhado

Tragédias que se sucedem: Kiss, Mariana e Brumadinho

Os estertores de uma (quase) Civilização brasileira.

Visita do Papa ao CMI: gesto de comunhão e cumplicidade para testemunhar unidade

Dia Mundial de Combate ao trabalho infantil: contra a exploração econômica das crianças!

Statement by the former Primate of Brazil

Quando viveremos de fato a Páscoa que almejamos?

Meditações da Semana Santa: Sábado Santo

Meditações da Semana Santa: Sexta-feira santa