Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Balas sombrias

Nenhuma pessoa de bom senso neste país pode desconsiderar que vivemos tempos difíceis. Para além dos desafios políticos e econômicos que se abateram de forma avassaladora sobre nossa sociedade desde o golpe parlamentar-midiático de 2016, temos o crescimento de uma cultura de violência que acaba de chegar às esferas institucionais.

O episódio deste domingo, 07 de abril, envolvendo uma família de cidadãos de bem, metralhada de forma repugnante apenas vem acender de vez o sinal de alerta. Ninguém está seguro. E, dependendo da cor, essa insegurança é ainda maior. Estamos praticamente instalados em um Estado de exceção.

A lei já é algo bem distante e não exerce mais nenhum poder de coerção moral sobre as pessoas e sobre os agentes públicos, responsáveis por mantê-la e preservá-la. Embora tecnicamente estejamos vivemos fora do que se definiria como estado de guerra, já a vivemos cotidianamente. Qualquer pessoa que esteja em qualquer lugar está sujeita a riscos, nem que seja em movimento par…

Últimas postagens

Dorothy, como fazes falta!!

Destruindo sonhos...quem responderá?

Um parlamento achincalhado

Tragédias que se sucedem: Kiss, Mariana e Brumadinho

Os estertores de uma (quase) Civilização brasileira.

Visita do Papa ao CMI: gesto de comunhão e cumplicidade para testemunhar unidade

Dia Mundial de Combate ao trabalho infantil: contra a exploração econômica das crianças!

Statement by the former Primate of Brazil

Quando viveremos de fato a Páscoa que almejamos?

Meditações da Semana Santa: Sábado Santo