O Líbano pede socorro!

Decretado o cessar-fogo, começa o trabalho de resgate da auto-estima de um povo marcado por guerras de ocupação. Um país destruído por um conflito que nada tem a ver com os interesses dos cidadãos libaneses. Uma guerra encomendada por um Estado que é a miniatura do Império de Bush.
É inacreditável que um país sofra por décadas um um processo de ocupação e destruição sem que a sociedade internacional assuma a responsabilidade pelos seus prejuizos.
Tudo que foi construido depois da desocupação pelas tropas israelenses volta a ser destruido criminosamente sem nenhuma punição, nenhuma reparação das vidas e da economia .
Com certeza, ninguém ganhou esse conflito. Israel descobriu que lutar contra uma guerrilha melhor aparelhada não é um passeio , como foi a Guerra dos Seis Dias. O orgulho judeu está afetado e a cobrança sobre seu governo já se faz sentir na opinião pública.
As manifestações de rua, pelo mundo, mostram o quanto a sociedade civil está incorfomada com uma guerra injustificada. Os chefes de Estado das nações mais poderosas estão na berlinda por sua pusilanimidade com que trataram a questão.
Os únicos que perderam foram os cidadãos libaneses. Resta-lhes chorar sobre os escombros de sua casas, de seus empregos e de suas vidas. Resta-lhes, sejam cristãos ou mulçumanos, juntar as mãos e olhar uns nos rostos dos outros e dizer: que Deus é esse que inspira um conflito que não queremos?
A dor da guerra não escolhe confissões religiosas. Afeta a todos. A guerra só interessa aos que estão doentiamente apegados ao poder. E, criminosamente, o fazem opondo deliberadamente interesses étnicos e religiosos.
O Líbano pede socorro. Quem o ouvirá? Quem enxugará as lágrimas dos que perderam tudo que construiram?

Comentários

Carlos disse…
"O mundo pede socorro". Até quando teremos de aguentar falar nestes miseráveis, inescrupulosos, ditadores ,fanáticos: Bush( e seus comparsas), Hezbolah, Al Qaeda, Fidel Castro, Hugo Chaves, Sadam e tantos outros, que se utilizam do poder(cada um da sua forma), p/ esperniar, perseguir, matar e calar as pessoas que tem opinião e que não fazem "o joguinho" deles. Pobre povo que é governado e manipulado por estas pessoas e grupos, sedentos de poder e ódio. O meu repúdio aos governantes e seus comparsas judeus e mulçumanos. Porém a minha solidariedade ao povo muçulmano e judeu que perderam vidas...com certeza o "povo" desejaria a paz.
Carlos/DF disse…
Aproveito a oportunidade p/ sugerir ao "Xico", que inclua artigos também relacionados as eleições, os debates presidenciais, etc. Parece que "os caras pintadas" da época Color e FHC sumiram. Cadê vcs p/ analisarmos a situação política atual?

Abraços

Postagens mais visitadas deste blog

Visita do Papa ao CMI: gesto de comunhão e cumplicidade para testemunhar unidade

Meditações na Semana Santa através da arte e da iconografia: Quinta-feira Santa

Meditações da Semana Santa através da arte e da iconografia