Tributo a Tookie

Até quando as sociedades chamadas de modernas vão manter a pena de morte como instrumento legítimo para enfrentar a criminalidade? Há exatos dois posts atrás, defendi a justiça para os assassinos de Dorothy Stang. E a sentença dos executores foi prolatada, estabelecendo-se o princípio de que, quando se cometem crimes tão perversos, como os praticados contra a vida das pessoas, a restrição da liberdade constitui pena adequada para garantir o respeito à integridade dos cidadãos e cidadãs!
No entanto, alguns sistemas penais consideram a pena capital como instrumento legítimo, cometendo o mesmo crime de eliminação da vida - nesse caso dos condenados - como uma verdadeira lei de Talião.
A contradição desse princípio é visível e por mais que tenhamos avançado em termos de civilização, continuam a ocorrer execuções de criminosos, seja por ação policial pura e simples - tão comum em nosso País - seja pela aplicação da pena de morte.
O caso de Tookie Williams é paradigmático nesse sentido. Condenado há 24 anos , esse ex-famoso chefe de "gangs" dedicou sua vida a purgar os crimes cometidos e a construir uma nova vida. Indicado ao Nobel da Paz por seus escritos para jovens adolescentes, desestimulando-os a seguir um caminho sem volta no crime, Tookie ganhou a simpatia das organizações civis americanas e do mundo inteiro. Sua transformação não foi capaz de sensibilizar o governo e o judiciário dos EUA. Após longos e sucessivos pedidos de revisão da pena e até o pedido final de clemência feito ao governador da Califórnia, a decisão de executá-lo com uma injeção letal foi mantida. E nessa madrugada sua vida foi ceifada.
Aqui deixo o meu tributo a ele, por ser ele um exemplo de que as transformações são possiveis. Como cristão, acredito na 'metanóia'.
Me uno aqui a todas as pessoas que condenam veementemente a pena de morte como instrumento penal legítmo. Os argumentos contra ela são fartos e incontestáveis. Mas para alguns, o simplismo da lei de Talião é mais fácil, exige menos da pedagogia de vida e alivia o Estado de seus deveres para com a vida daqueles que lhe ameaçam.
Espero firmemente que num futuro próximo a pena capital seja definitivamente abolida dos chamados Estados civilizados.
Tookie, onde você está agora, com certeza te dá uma compreensão de como somos falhos em acreditar nas pessoas e na mudança de vida delas. Perdoe-nos por isso!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Visita do Papa ao CMI: gesto de comunhão e cumplicidade para testemunhar unidade

Meditações na Semana Santa através da arte e da iconografia: Quinta-feira Santa

Meditações da Semana Santa através da arte e da iconografia